Notícias

Noite da Consciência Negra mostra talentos

Publicado em: 26 de novembro de 2019

Noite da Consciência Negra mostra talentos

Com a casa cheia, o Teatro Lúcia Guimarães, de Carmo do Cajuru, recebeu nesta segunda-feira (25) quatro eventos em noite de celebração da Consciência Negra: um Sarau, uma galeria de desenhos e máscaras, uma peça teatral e o lançamento de livro ilustrado.

Em “live”, o prefeito Edson Vilela acompanhou alguns momentos da noite e elogiou a promoção, agradeceu o público presente e parabenizou as pessoas envolvidas:

— Mais uma vez, o mundo cultural cajuruense dá mostras de sua arte e de seus talentos. Parabenizo a todos os participantes, especialmente a diretora Juliana de Souza Marra, os artistas do Raízes e Senzala de Minas, os alunos da Escola Pe. João Vilaça, os autores de “Carmo do Cajuru Ilustrada”, o professor Charles Guimarães e o historiador Welbert Skaull Tonhá e a valiosa parceria da Papelaria Aquarela. São momentos que fortalecem a identidade cajuruense e nos enche de orgulho.

 

Quatro eventos marcantes

Sob a direção da educadora Juliana de Souza Marra, os alunos do Fundamental e do Ensino Médio da Escola Estadual Pe. João Parreira Vilaça, desenvolveram o projeto “Sarau”, coordenado pelo professor Charles Guimarães. Nas dependências do teatro foi aberta também uma galeria de desenhos de pontos turísticos do município e de máscaras com motivos africanos confeccionados pelos alunos.

Em cena, o grupo teatral “Raízes” e o grupo de capoeira “Senzala de Minas” apresentaram a peça Zumbi dos Palmares para uma plateia emocionada.

Após a encenação, houve lançamento do livro “Carmo do Cajuru Ilustrada”, autografado pelos autores Charles Guimarães e Welbert Skaull Tonhá.

O cenário em cena foi uma realização do agente cultural Munir Mansur pela Casa da Cultura “Dona Ana Izabel de Jesus” com a participação dos próprios atores. [FF]